23 de março de 2013


Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo.

 
Clarice Lispector