3 de setembro de 2011


Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa
e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro,
dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses,
de nenhum fruto queiras só metade.


                                    (Miguel Torga)