7 de junho de 2011

"Minha fé em todas as colheitas do futuro se
afirma presente. E declaro, por muito que se saiba,
a poesia é indestrutível..."

 


Pablo Neruda