20 de outubro de 2012

 
Ontem, eu chorei.
Voltei para casa, fui para o meu quarto, sentei na beira da cama.
Chutei os sapatos, desabotoei o sutiã caí no choro. Quero que vocês saibam que Eu chorei até meu nariz escorrer molhando a blusa de seda que comprei na liquidação.
Chorei até minha cabeça doer tanto, que eu mal via a pilha de lenços de papel no chão aos meus pés.Quero que vocês saibam que ontem eu chorei pra valer.
Ontem eu chorei
Por todos os dias que estive ocupada demais, ou cansada demais, ou com raiva demais para chorar.Chorei por todos os dias, por todas as formas e por todas as vezes em que desonrei, desrespeitei e desliguei meu Eu de mim mesma. Mas meu Eu se refletiu de volta para mim quando os outros fizeram comigo as mesmas coisas que eu já fizera comigo mesma.
Chorei por todas as coisas que me foram roubadas;
Por todas as coisas que eu pedi e não consegui receber;
Por todas as coisas que, depois de conquistar, eu dei a outras pessoas em circunstâncias que me deixaram vazia, gasta e exaurida.
Chorei porque realmente chega um momento em que a única coisa que nos resta é chorar.

Ontem eu chorei {...}
 
 

Iyanla Vanzant