1 de junho de 2012

 
 
"não deveríamos nunca perguntar ao outro:
 o que você faz na vida? 
a pergunta de uma pessoa sensível é:
 você é fiel aos seus sonhos? 
ao dizer isto, colocamos no ar a necessidade de uma resposta. obrigamos o outro a refletir sobre a importância de seus movimentos"
 
 
 D.A