27 de agosto de 2011


Tem os que passam
E tudo se passa com passos
Já passados.

Tem os que partem
Da pedra ao vidro
Deixam tudo partido.

E tem, ainda bem,

Os que deixam
A vaga impressão
De ter ficado.

 

Alice Ruiz