26 de julho de 2011



"Maldizemos o aperto, mas ele,
justo ele, às vezes cumpre a
tarefa de encolher a alma
com tal requinte que só
nos resta buscar a expansão."



(Ana Jácomo)