3 de setembro de 2014


" Enfrentar-se a si próprio calmamente, sem precipitações, viver como se tem de viver, não andar à caça do próprio rabo como o cão."

 
Franz Kafka, in 'Diário (09 Dez 1913)