15 de julho de 2014


 
Deixar de sonhar é mutilar a nossa alma, é morrermos um pouco a cada instante. Vem sonho, não te ausentes de mim! Contigo ... voarei mais alto!

 
Inês Climaco