22 de janeiro de 2014

"Abro-te a porta do poema; e tu
espreitas para dentro da estrofe, onde
um espelho te espera."

Nuno Júdice


art" siegfried zademack"
"Abro-te a porta do poema; e tu
espreitas para dentro da estrofe, onde
um espelho te espera."

 
Nuno Júdice