29 de junho de 2013


"O que é o meu amor?  senão o meu desejo iluminado

O infinito desejo de ser o que sou acima de mim mesmo

O meu eterno partir na minha enorme vontade de ficar .

Peregrino,
 peregrino de um instante ,

 peregrino de todos os instantes ."



Vinicius de Moraes