31 de maio de 2013

 
(...)
Do tempo, só se sabia
Que no ano sempre existia
O bom tempo das laranjas
E o doce tempo dos figos...

 
Helena Kolody