16 de janeiro de 2013


"(...) a vida é rendeira 
de sedas ou trapos, 
de rendas, farrapos 
ou fios de algodão; 
a fibra é comprida 
e o mundo artesão." 

(Flora Figueiredo) 

Na trama da vida, que se perca o ponto, mas não o fio da meada para recomeçar. 
Paz, confiança e fé nos novos dias...

Beijinhos
"(...) a vida é rendeira
de sedas ou trapos,
de rendas, farrapos
ou fios de algodão;
a fibra é comprida
e o mundo artesão."

Flora Figueiredo