20 de dezembro de 2012



  • Isso vale pra tudo. Importante é observar o todo, de seus vários ângulos. Não necessariamente excludentes, mas complementares. As pessoas muitas vezes "discordam" entre si e são capazes de brigar por “seus” pontos de vista sem perceber que ambos estão “certos”. E assim o mundo possível se inviabiliza, graças ao eterno embate entre egos que se julgam donos de suas "verdades", quando a única verdade possível é a que resulta da síntese de todos os pontos de vista (A.L.).
    Isso vale pra tudo. Importante é observar o todo, de seus vários ângulos. Não necessariamente excludentes, mas complementares. As pessoas muitas vezes "discordam" entre si e são capazes de brigar por “seus” pontos de vista sem perceber que ambos estão “certos”. E assim o mundo possível se inviabiliza, graças ao eterno embate entre egos que se julgam donos de suas "verdades", quando a única verdade possível é a que resulta da síntese de todos os pontos de vista 
     
     
     (A.L.).