29 de dezembro de 2012


"Eu quero movimento e não um curso calmo de existência. Que- ro excitação e perigo. Sinto em mim uma superabundância de energia que não encontro escoadouro em nossa vida tranquila." 


Leon Tolstoi