5 de junho de 2012


Benditos os que não confiam a vida a ninguém.

Fernando Pessoa -