19 de maio de 2012


Não há barreira, fechadura ou ferrolho que possas impor à liberdade da minha mente."

Virginia Woolf