7 de março de 2012


“O poeta não deve amar o seu público e, sim, a humanidade, cuja melhor parte não lê seus escritos e, entretanto, deles necessita.”

Hermann Hesse