3 de novembro de 2011




As pessoas não morrem.
Elas ficam encantadas.

 
 
(Guimarães Rosa)