18 de outubro de 2011



Abençoados sejam
os corações flexíveis,
pois nunca serão partidos.



(Albert Camus)