25 de setembro de 2011


"Não compensa durezas nessa vida
curta e divina.
Não cabem em nossos
dias dores aos potes,
mas cabem potes
de doces, e doces pessoas
pra gente conhecer.
E há pessoas tão
do “bem” que cruzam nossos caminhos,
que vale a pena ficarmos atentos
aos sinais, aos encontros nas tardes vazias."

(Juliana Sfair)