12 de junho de 2011




 "Falo do amor ao despertar, Falo do amor quando sonho, com as flores, com os campos, as fontes, os ecos, o ar, os ventos, e se não houver alguém que me escute, falo deste amor comigo mesmo."
 


(Wofgang Amadeus Mozart)