8 de junho de 2011





CANTO AO AMOR (Liz Matos)

Tudo que desejo ao teu lado é tão simples...
Te dar um beijo com o sabor da jabuticaba madura que acabamos de colher...
Rir contigo de bobagens e emendar risadas até perdermos a lembrança do que se riu...
Escorregarmos de mãos dadas
em dunas de areias brancas...
Encostar a minha cabeça em teu peito e dormir ouvindo a sinfonia do teu coração...


Tentar aprender a andar de patins contigo, só pela desculpa de te abraçar quando cairmos...
Te abraçar e me esquecer da vida...
Tomar-mos um delicioso banho de chuva...
Fingir um dodói
só para teus carinhos receber...
Me desdobrar em caprichos culinários
para te agradar...
Me enxergar através
do espelho dos teus olhos...
Acariciar teus cabelos, teu rosto,
teu pescoço, até que durmas
e ai então velar teu sono...
Te fazer inúmeras pequenas
e grandes surpresas agradáveis...
Dançar contigo agarradinho e bem devagar...
Não lembrar que existem amanhãs
quando estou ao teu lado...
Tomar contigo um banho de mar, à noite, e depois sentar na areia
e permitir que nossos sentimentos sejam expressados através do silêncio...
Colorir a tua vida com inúmeros
motivos para ser feliz...
Falar "eu te amo" e deixar
que as lágrimas confirmem...
Beijar teu corpo suado...
Aliviar teu cansaço...
Sussurrar em teu ouvido...
Te beijar debaixo d'água...
Te amar por inteiro, corpo e alma,
Inclusive o teu mau humor matinal,
e ainda achar maravilhoso...
Estar ao teu lado incondicionalmente durante tuas tempestades...
Vibrar de alegria ao teu lado
em tuas conquistas...
Saber reconhecer meus erros, pedir perdão
e perdoar sempre que necessário...
Te conquistar todos os dias...
Cumprir o que prometi
e te escrever muitos poemas como este.